Certificado de Veículo de Interesse Histórico, um valor seguro para o seu Clássico

O Clube Minho Clássico, na qualidade de Membro da ACAAN – Associação dos Clubes de Automóveis Antigos Nacional, proporciona a todos os seus associados, condições especiais para a Certificação de viaturas de interesse histórico.

O processo de certificação é garantido pelas entidades reconhecidas oficialmente na Certificação de Viaturas de Interesse Histórico, e tem por base o Despacho nº 10 298/2001 (2ª série).

O certificado atesta a qualidade como viatura histórica e permite o reconhecimento da mesma como clássico em caso de conflito, nomeadamente junto das seguradoras.
Clássicos certificados estão isentos de inspeção anual

O decreto-lei 144/2017 que regula o regime de inspeções técnicas de veículos a motor, publicado em finais de novembro em Diário da República, estipula que desde 1 de janeiro de 2018, os veículos com mais de 30 anos passam a estar isentos da IPO, desde que certificados como de Interesse Histórico.

Até agora, a inspeção obrigatória era anual para todos os veículos posteriores a 1960.
São considerados nesta categoria os veículos com pelo menos 30 anos de matrícula, de um modelo já não fabricado, objeto de conservação histórica, em estado original e sem características técnicas alteradas significativamente.

Marcações

O Clube Minho Clássico assegura todo o processo de marcações, ficando as mesmas dependentes de um número mínimo de viaturas a certificar.
Para agendar a sua certificação, contacte o CMC através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou através do telefone (+351) 258 847 072 indicando os dados abaixo, pode ainda utilizar o formulário para CERTIFICAÇÃO
• Marca
• Modelo
• Ano
• Matrícula
• Nome e Nº sócio
• E-mail e Telefone para contato

Custos e Validade
A certificação é liquidada diretamente ao CMC e tem o custo unitário de 60 €, sendo a sua validade de acordo com a seguinte tabela:

Até 1918 10 anos
De 1919 a 1945 8 anos
De 1946 a 1959 6 anos
De 1960 até 30 anos 4 anos

Pontos a verificar nas certificações

Carroçaria - Não deverá ter alterações. Deverá estar bem cuidada, sem pontos de ferrugem nem amolgadelas. A pintura, cromados, borrachas e vidros deverão estar em bom estado, sem riscos e de cor uniforme.

Capota - Nos veículos transformáveis, as capotas deverão estar perfeitamente funcionais, sem apresentar rasgões ou qualquer outro tipo de deterioração.

Estofos - Os estofos e interiores forrados deverão estar em bom estado de conservação, sem rasgões e com materiais de acordo com o modelo.

Instrumentos - Os instrumentos deverão ser originais, em bom estado de funcionamento e de conservação (limpeza interior).

Limpa vidros - Todo o sistema deverá estar em perfeito estado de funcionamento e as escovas com capacidade de remoção da água do vidro.

Iluminação - Os faróis e farolins deverão ser da época do veículo, de marca adequada, em perfeito estado de funcionamento e iguais entre si quando em pares. No caso dos veículos mais antigos, poderão ser montados “piscas” suplementares, desde que não danifiquem a estrutura do veículo.

Chassis - O chassis deverá apresentar-se limpo e bem conservado.

Suspensão - O sistema de suspensão deverá funcionar corretamente e ser original.

Rodados - Poderão ser montadas jantes especiais, desde que sejam da época (exemplo: jantes Minilite). As jantes deverão estar em boas condições, com os respetivos tampões, quando for o caso. Os pneus deverão estar de acordo com a medida dos documentos e ser iguais entre si, em termos de medida e marca.

Direção - O volante deverá ser o original ou extra de época e não poderão existir folgas.

Travões - Os travões deverão estar em perfeito estado de funcionamento e eficiência.

Motor - O motor deverá estar em boas condições, limpo, sem fugas de óleo, sem ruídos excessivos e sem emissões de fumo exageradas.

Sistema de combustível - O sistema de combustível deverá ser o original.

Transmissão - A transmissão deverá apresentar-se limpa, lubrificada e bem conservada.

Sistema elétrico - O sistema elétrico deverá ser o original.

Diversos - Todos os extras inseridos na viatura, como rádios, faróis suplementares, antenas e outros deverão ser de época.

Protocolos

Ao utilizar o nosso site concorda que podemos colocar cookies no seu dispositivo.
Politica de Privacidade Aceitar Recusar